Um tesouro esquecido de R$ 745 bilhões em Bitcoins pelo mundo!

 Um tesouro esquecido de R$ 745 bilhões em Bitcoins pelo mundo!

Já imaginou esquecer sua senha de celular, e-mail, rede social? Não?

Agora imagina esquecer e perder as chaves de uma carteira virtual que contém milhões de reais e que não pode ser acessada de nenhuma outra forma.

Pensaram na tragédia que seria?

E essa tragédia é real e acontece com vários investidores de bitcoins pelo mundo, segundo reportagem do New York Times. De acordo com a Chainalysis, empresa de análise de dados de criptomoedas, cerca de 20% do total das bitcoins existentes estaria em carteiras virtuais perdidas ou inacessíveis. Isso totaliza impressionantes US$ 140 bilhões (cerca de R$ 745 bilhões).

A natureza do bitcoin faz com que seus usuários estejam sujeitos a esse tipo de coisa.

É difícil de acreditar, mas inúmeras contas são esquecidas.

Não há uma empresa, país ou órgão regulador por trás da criptomoeda. A ideia é justamente que ela seja autônoma e possa ser usada anonimamente, e que o usuário seja o seu próprio banqueiro. Cada carteira virtual criada dentro da blockchain do bitcoin é como um endereço único, e cada endereço é protegido por uma chave que apenas a pessoa que criou a carteira conhece.

Imaginaram a real situação gerada caso essas senhas sejam esquecidas?

Pois é, isso acontece com mais frequência do que podemos imaginar.

Por conta de casos como esses, empresas especializadas em segurança e criptografia de carteiras virtuais, como a Anchorage e a Wallet Recovery Services, estão vendo um aumento na procura pelos seus serviços.

Ao longo de 2020, o valor da criptomoeda flutuou bastante. No final de novembro, ela atingiu a maior cotação de sua história até então, quase US$ 20.000 (cerca de R$ 106 mil). Hoje, cada bitcoin está valendo US$ 34.166 (aproximadamente R$ 182 mil).

Quem é Dolar mesmo?

Curtiu a informação?

Comente, compartilhe e mande suas sugestões.

Notícias Relacionadas